quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Marcelo se rebela com salário de Xuxa, pede aumento e tem novo programa cancelado

O novo programa de Marcelo Rezende na Record, que estrearia ainda neste mês, foi suspenso pela emissora e pode ser cancelado de forma definitiva. O motivo teria sido porque ao saber que a Record negociava com Xuxa Meneghel um salário milionário, Rezende passou a exigir um salário bem superior para dobrar sua carga de trabalho. Inicialmente, o apresentador faria o “Corta Pra Mim” – título provisório da atração – por R$ 100 mil a mais por mês. Porém, agora ele quer pelo menos R$ 500 mil além do que já recebe para comandar o “Cidade Alerta”, que está em torno de R$ 400 mil. Nos bastidores do canal da Barra Funda, a especulação é de que Xuxa terá o maior salário da rede, superando R$ 2 milhões mensais, incluindo merchandising. O contrato de Marcelo Rezende tem previsto um segundo programa, mas semanal, não diário. Então, ele pode recusar o novo projeto sem ser punido. Em fase de contenção de despesas, a Record não aceitou o pedido de aumento salarial de Rezende. A emissora, que tem previsão de demitir 700 funcionários nos próximos meses, eliminou na última hora o “Corta Pra Mim” do evento de apresentação da programação de 2015 a jornalistas, que foi realizado na quinta-feira (05) passada. O jornalístico já estava em fase de produção, inclusive com profissionais contratados. Basicamente, seria composto por dramatizações de histórias reais, principalmente casos policiais. A ideia era competir com a novela das nove, sendo uma alternativa num horário em que Globo e SBT produções de teledramaturgia. A suspensão repentina do “Corta Pra Mim” obrigou a Record a improvisar uma mudança na sua programação. Nos próximos dias, a emissora deve anunciar que o “Jornal da Record”, atualmente exibido a partir das 20h40, passará a entrar no ar cerca de uma hora mais tarde, trocando de lugar com a novela “Vitória”. A justificativa será a de que o público do telejornal está chegando em casa mais tarde, mas a verdade é que a direção da Record quer salvar o novo programa de Gugu Liberato de um vexame, com eventuais derrotas humilhantes para o “Programa do Ratinho”, do SBT. A atração estreia dia 25 e será exibida às terças, quartas e quintas, das 22h30 às 23h30, inicialmente somente até 07 de maio. Com o “Jornal da Record”, a rede de Edir Macedo espera começar a transmissão do “Programa do Gugu” com uma audiência mais alta do que a que possui atualmente, no encerramento de “Vitória”. A novela escrita por Cristiane Fridman, que tem médias na casa dos 6.0 pontos na Grande São Paulo, derruba a audiência da emissora. Já o “Cidade Alerta”, continuará sendo exibido no mesmo horário. O telejornal policial de Marcelo Rezende servirá para alavancar “Os Dez Mandamentos”, novela bíblica que estreia em março na faixa das 20h30, o maior investimento da emissora neste ano, e que é visto como a “salvação da dramaturgia da Record”. Com 180 Graus

Nenhum comentário:

Postar um comentário