sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Assalto a joalheria de João Pessoa termina com refém, um morto e três detidos

Três suspeitos, dois menores e um adulto, foram Um assalto a uma joalheria no empresarial Kadoshi, no bairro de Manaíra, Zona Leste da Capital, terminou com um homem morto, baleado na cabeça, na tarde desta quinta-feira (19). De acordo com a Polícia Militar, a pessoa que morreu integrava o grupo de suspeitos. Após fazer reféns e roubar um carro, os envolvidos haviam fugido, mas foram detidos por volta das 18h. De acordo com informações do coronel Lívio Delgado, da PM, os quatro teriam chegado ao empresarial, subido até o primeiro andar e efetuado roubo. Na fuga, o grupo teria feito uma funcionária da joalheria como refém. No local, testemunhas afirmaram que o homem baleado na cabeça não seria um dos assaltantes. Ele estaria em um ponto de táxi, quando um homem armado teria saído de dentro do empresarial e atirado à queima roupa. A vítima morreu no local. Porém, a PM confirmou, por volta das 18h30, que a pessoa morta estava entre os suspeitos. O responsável pelo disparo não foi localizado. Os outros três suspeitos, dois menores e um adulto, foram detidos por volta das 18h, perto do Centro de Convenções de João Pessoa, no bairro do Altiplano. De acordo com o coronel Lívio, eles estariam armados, com uma refém, que estava amarrada, em um carro Renault Clio. Todos foram levados para Central de Polícia da Capital, no Varadouro, com o material roubado da joalheria. por: portal correiodetidos por volta das 18h, perto do Centro de Convenções de João Pessoa, no bairro do Altiplano

Nenhum comentário:

Postar um comentário