quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Mulher é atropelada e tem corpo mutilado em acidente entre caminhão ‘bitrem’ e moto, em Mata Redonda

Uma mulher morreu na manhã desta quarta-feira (26), no Km 111 da BR-101, no município de Alhandra, no Litoral Sul paraibano, durante a batida entre uma motocicleta e um caminhão, conhecido como ‘Bitrem’. A agricultora Etiene Enéas da Silva, 28 anos, teve o corpo arrastado por vários metros. Segundo o delegado titular de Alhandra, Francisco Basílio, a vítima seguia com destino a Penitenciária Flósculo da Nóbrega, o ‘Presídio do Roger, em João Pessoa, para visitar o esposo que cumpre pena na unidade, quando foi atropelada pelo ‘Bitrem’, que é um caminhão com dois semi-reboques acoplados na traseira. “Etiene foi atropelada quando seguia para o presídio visitar o esposo. A mulher teve o corpo mutilado. Pernas foram arrancadas. O corpo foi arrastado por vários metros. A vítima pilotava sozinha, morava na cidade de Pedras de Fogo e tinha três filhos”, revelou o delegado. Ainda de acordo com o Francisco Basílio, a vítima não tinha habilitação para pilotar motocicleta. O motorista do caminhão fugiu do local do acidente e ainda não foi identificado. O corpo foi levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa. portalcorreio

Nenhum comentário:

Postar um comentário