quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Policia Cumpre mandato de prisão e busca na casa das primas

A casa das Primas CHALÉ DA FRONTEIRA foi alvo de uma ação das policias Militares e Civil sob o Comando do Sgt. Alexandria com o apoio do serviço reservado do 8º Batalhão foi cumprido hoje com ação que alem de Passa e Fica o mandato também se estendeu a Belém na PB, a cerca de dois anos José Batista Filho natural de Dona Inês PB nascido a 01 de Novembro de 1977, o mesmo alugou a casa de prostituição Chalé da Fronteira e segundo denuncias La funcionava um ponto de distribuição e comercialização de drogas, alem deste crime recai sobre José Batista a acusação de uma tentativa de homicídio em frente ao comercio há alguns meses o qual com um tiro o mesmo deixou uma vitima tetraplégica. Alem dos crimes citados o demandado já havia cumprido pena na Paraiba e é um velho conhecido da policia. Por força de mandato judicial a policia do serviço reservado do 8º batalhão iniciou um trabalho de investigação na casa e na manhã de hoje colocou em pratica a ação para prende-lo, ao entrar no Chalé José Batista encontrava-se com um cachorro da raça pit bul que atacou a policia porem foi dominado e o demandado preso, ao realizar as buscas a policia encontrou um revolver calibre 38 cano curto com 6 munições intactas, 2 facões 4 facas 4 trouxinhas de entorpecentes possivelmente Cocaína, bolças pequenas do tipo que são usadas para fazer a separação de drogas para comercializar e cerca de 69 reais trocados. Alem dele encontravam se no local mais 3 mulheres que alegaram esta la para fazer programa, mesmo assim foram levadas ao hospital local para fazerem uma averiguação se não portavam drogas nas partes intimas como é comum, porem nada foi encontrado com elas e as mesmas foram liberadas. José Batista também é suspeito de ter participado de uma chacina ocorrida na cidade de Araruna onde duas garotas de programa foram mortas e outras pessoas ficaram feridas, já na parte da tarde por volta das 14 horas a equipe comandada pelo Sargento Alexandria que com seus comandados e apoiado pelo serviço reservado da policia já encontravam-se na Cidade de Belem onde o acusado tem residência, de posse de um mandato de busca e acompanhados pela policia da PB buscas foram feitas nas residências de José Batista e em outra casa onde o mesmo possivelmente armazenava drogas porem nada foi encontrado. O mandato foi cumprido e José Batista foi ouvido em Belem pelo Delegado daquela cidade e foi levado em seguida para o plantão da policia Civil em Nova Cruz de onde após ser enquadrado na lei de porte ilegal de arma, tráfico de drogas ficara preso no presídio de Nova Cruz aguardando julgamento. fonte regional online -passa e fica RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário