domingo, 22 de junho de 2014

Assaltante leva a pior e é morto com facada pela vítima, no Centro de João Pessoa PB

Uma tentativa de assalto acabou com a morte do próprio assaltante na Rua Padre Azevedo, na saída do Terminal de Integração dos ônibus, no Centro De João Pessoa. Outro caso de homicídio já havia sido registrado nas proximidades deste local no ano de 2014. O crime ocorreu na noite desta sexta-feira, por volta das 20h. O fato se deu quando um comerciante, vendedor de milho do mercado central se dirigia para residência dele, após um dia de serviço. Ele foi abordado por um jovem que, armado com uma faca, anunciou o assalto e exigiu que a vítima lhe entregasse seus pertences. O comerciante, em atitude brusca, negou-se a ceder qualquer objeto ao assaltante, entrando em luta corporal com o mesmo. Na confusão, o criminoso teve a faca tomada e sofreu uma perfuração acima da clavícula, morrendo no local, antes da chegada do SAMU, que já o encontrou sem vida. Policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar estiveram no local e conduziram o autor do homicídio para a Central de Polícia. “Ouvimos o relato dele e temos conhecimento de que realmente trabalha no Mercado Central. Ele agora deve alegar legítima defesa. Acreditamos que sua versão possa ser aceita, visto que apenas um golpe foi desferido”, disse o Aspirante Diógenes, do 1º BPM. Outro homicídio na noite desta sexta aconteceu no Centro da cidade de Sapé, às 20h30. Um homem foi abordado na calçada de sua casa por uma dupla com sacos plásticos na cabeça. Esta efetuou uma série de disparos, acertando seis na vítima, no tórax e na cabeça. O atingido não resistiu e morreu na hora. Policiais do 7º BPM da cidade estiveram no local para cobrir a ocorrência. Segundo estes e familiares, a vítima não tinha inimigos, passagem pela polícia ou qualquer envolvimento com a criminalidade. Por essas questões, a motivação do crime ainda é desconhecida para todos, bem como a identidade de seus autores, até pelo ‘disfarce’ que usavam. A família informou que o homem tinha o costume de ficar na calçada após o jantar, comportamento que repetiu hoje, quando foi surpreendido

Nenhum comentário:

Postar um comentário