sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Obras da Integração do Rio São Francisco estão em plena atividade em todos os trechos

Obras da Integração do Rio São Francisco estão em plena atividade em todos os trechos Empreendimento conta com mais de 8.700 trabalhadores e cerca de 2.500 máquinas em campo As obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco, em municípios pernambucanos, foram vistoriadas pelo ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira,. A visita começou por Sertânia, no início desta manhã, onde Francisco Teixeira acompanhou os trabalhos da Meta 3 Leste, o antigo lote 12. O roteiro também incluiu a Estação de Bombeamento 1 - EBI 1, em Floresta. No período da tarde, o ministro visitou as Estações Elevatórias do Eixo Norte do empreendimento, que ficam em Cabrobó. "Todo o nosso esforço é para concluir a obra em 2015. Hoje temos 100% das frentes de serviços remobilizadas, com mais de 8.700 trabalhadores e cerca de 2.500 máquinas em campo. Agora é aumentar o ritmo de trabalho para acelerar cada vez mais o cronograma", afirmou Teixeira. Com 52,2% de execução, as obras do Projeto São Francisco se estendem por dois canais ao longo de 477 quilômetros nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. O empreendimento também envolve a construção de 13 aquedutos, nove estações de bombeamento, 27 reservatórios e quatro túneis para transporte de água. As três estações elevatórias do Eixo Norte, que são responsáveis por bombear a água do Rio São Francisco até Pernambuco, Ceará e Paraíba, estão funcionando 24 horas por dia. As atividades no maior túnel da América Latina para transporte de água, o Cuncas 1, também ocorrem em três turnos de serviço. Francisco Teixeira também destacou que o Projeto de Integração do Rio São Francisco atenderá 390 cidades do semiárido. "Essa obra significa água para mais de 12 milhões de pessoas em quatro estados. Quando concluída, será a principal fonte de água de adutoras em nível estadual, como a Adutora do Agreste (PE), as Vertentes Litorâneas (PB) e o Cinturão das Águas (CE)", acrescentou. A previsão é que 100 quilômetros de obras do Eixo Leste e 100 quilômetros do Eixo Norte sejam entregues neste ano e que todo o empreendimento seja concluído em 2015. A obra representa a garantia de segurança hídrica em uma região onde os ciclos com escassez de chuva são periódicos. Nesta sexta-feira (31), as visitas técnicas continuam pelos municípios de Jati e Mauriti, no Ceará, com a presença do governador Cid Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário