quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Governo do RJ diz que mais de 2 mil famílias estão desalojadas no estado

Nova Iguaçu decretou estado de calamidade em razão da chuva. Número de famílias desabrigadas chega a 49. Ao todo, 2.050 estão desalojadas no estado do Rio em decorrência das fortes chuvas nesta quarta-feira (11), segundo o governo. Em Nova Iguaçu, são cerca de 200 famílias; em Japeri, mais de mil; em Queimados, 800; e em Mesquita, 50 famílias desalojadas. Ao todo, 49 famílias ficaram desabrigadas. Correção: ao ser publicada, esta reportagem errou ao informar que o número de famílias desalojadas era de 1.150. O erro foi corrigido às 20h20.) O município de Nova Iguaçu decretou estado de calamidade em razão da chuva que inundou diversas partes da cidade. A prefeitura cancelou as aulas da rede municipal de ensino em todas as 127 escolas para abrigar a famílias que tiveram de sair de casa. A Diocese da cidade também liberou as 100 igrejas católicas da cidade para receber os desabrigados e donativos. Segundo o secretário de Defesa estadual, Sérgio Simões, os esforços estão concentrados na região. “Depois da capital, o município [Nova Iguaçu] teve o maior índice pluviométrico. A recomendação que a gente faz é que as pessoas não transitem nas áreas alagadas e que permaneçam em locais seguros”, afirmou. Os bairros mais atingidos pela chuva em Nova Iguaçu são: Austin, Aymoré, Bandeirantes, Batuta, Cerâmica, Comendador Soares, Danon, Jardim Canaã, Jardim Iguaçu, Jardim Palmares, Jardim Pernambuco, Jardim Roma, Mangueira, Metropolitano, Miguel Couto, Nova Era, Ouro Fino, Ouro Preto, Palhada, Planalto, Riachão, Rosa dos Ventos, Santa Cecília, Tancredo Neves, Tinguazinho e Vila Zenith. Recursos para serviços já foram liberados, em caráter emergencial, para estes municípios. Doações para os municípios da Baixada Fluminense podem ser entregues no Abrigo Cristo Redentor, na Avenida dos Democráticos, 1.090, em Bonsucesso. Ao lado da 21ª DP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário