quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Um dos presos mortos no Roger era acusado de sequestrar funcionaria da PMJP

Um dos apenados que foi morto no último domingo (6), por presos do Pavilhão 4, do presídio do Roger, era Alex Morais de Lima, 18 anos, acusado de sequestrar uma funcionária da Prefeitura Municipal de João pessoa. Alex Morais, conhecido por Alex Chinês, foi preso junto com Ruandson Cavalcante Rodrigues de 18 anos, no Condomínio Irmã Dulce, no Colinas do Sul. Com eles foi encontrado um revólver e drogas. ‘Alex Chinês, matou o presidiário Edvando Soares da Silva, em seguida foi morto e teve a cabeça decepada pelos colegas de cela. ENTENDA O CASO Uma ação conjunta dos policiais da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (ROTAM) e Força Tática do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) resultaram na prisão de dois acusados de sequestrar, de dentro do Centro Administrativo Municipal, uma funcionária pública, no último dia 19, no bairro de Água Fria (João Pessoa). Ruandson Cavalcante Rodrigues e Alex Morais Lima, conhecido por Alex Chinês, ambos de 18 anos, foram presos na segunda-feira (24), no Condomínio Irmã Dulce, no Colinas do Sul. Com eles foi encontrado um revólver e drogas. De acordo com o Tenente Fábio Moreira, que comandou a ação, a polícia chegou aos acusados através de denúncias anônimas. “Levantamos as informações recebidas e fomos até o local, onde encontramos os dois suspeitos com mais três homens. Com eles conseguimos apreender um revólver calibre 32 com munição e uma certa quantidade de maconha e crack”, explicou o tenente. Com os dois, já são quatro detidos acusados pelo crime. Na última semana, outros dois suspeitos foram apreendidos. O quinto acusado, um adolescente de 17 anos, está sendo procurando. Os presos foram levados para a 1ª Delegacia Distrital, em Cruz das Armas. Lá foi constatado que Ruandson Cavalcante é foragido do Centro de Educação do Jovem (CEJ), em Mangabeira. O Crime – A servidora da prefeitura municipal de João Pessoa teria sido sequestrada no último dia 19, quando saia do centro administrativo municipal, no bairro de Água Fria, e se dirigia ao carro que estava no estacionamento. Segundo ela, os acusados a colocaram no veículo e assumiram o volante. Eles teriam soltado a vítima em um matagal no Colinas do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário