sexta-feira, 21 de setembro de 2012

TIROS E FOGO NO ASSALTO AO CARRO FORTE NA/ BA

Os bandidos botara fogo no veículo em que estavam, antes de fugirem. Uma intensa troca de tiros assustou motoristas que transitavam pela BA 436, nas proximidades do setor industrial de Luís Eduardo Magalhães. Um carro forte, da empresa Prosegur, que trafegava pela rodovia foi surpreendido por um grupo fortemente armado que disparou diversas vezes contra o veículo tentando o fazer parar. Carro com blindagem adaptada. Era daqui que eles atiravam no carro forte. Cada janelinha dessas era ocupada por um atirador. Os seguranças, no total de quatro, reagiram e uma grande quantidade de tiros foi efetuada, principalmente pelos bandidos que estavam fortemente armados e usavam roupas e coletes parecidos com os da polícia. “Eles passaram por nós e começaram a atirar. Havia três homens na parte de trás do veículo e com fuzis atiravam sem parar”, contou um segurança. O armamento utilizado pelos bandidos eram fuzis 762 .40 e .50. Dentro do carro dos bandidos uma imensa quantidade de munições foi encontrada. Assim que os pneus do veículo dos bandidos foram atingidos, eles desistiram do assalto. Um empresário da cidade de Valente/BA que transitava para uma fazenda, sentido ao Tocantins, em seu veículo Chevrolet Vectra, de cor preta, placa JRY 3804 de Conceição do Coité/BA, foi rendido pelos bandidos e teve o veículo roubado pelo bando. “Eles me abordaram, me mandando parar. Desci do veículo com muito medo. Eles estavam fortemente armados e tiravam vários malotes do carro deles e botavam no meu. Depois eles botaram fogo no veículo deles e me disseram que iriam abandonar meu carro mais a frente”, disse o empresário. Policial mostra cartucho de fuzil 762 utilizado pelos bandidos.O carro em que os bandidos estavam era um TR4 Pajero Mitsubishi, com a traseira blindada onde até três bandidos podiam ficar para atirar no alvo. Havia ainda três janelas por onde os bandidos atiravam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário